Estresse faz mal para os dentes

Você sabia que estresse faz mal para os dentes? Profissional em odontologia explica quais impactos o problema pode causar à saúde da boca.

Bruxismo e doenças periodontais estão relacionados com casos de estresse crônico, assim como cáries e aftas.

O estresse pode gerar impactos negativos à saúde bucal, afetando os dentes e também a gengiva. A condição, quando crônica, pode acarretar em hábitos prejudiciais, como ranger os dentes e apertá-los de forma excessiva. Esses costumes aumentam a probabilidade do desenvolvimento de bruxismo, além de levar ao desgaste dental, sensibilidade e até mesmo fraturas.

Estudos conduzidos entre 1990 e 2023, constataram que eventos negativos relacionados à vida e fatores psicológicos, como estresse, ansiedade, depressão e angústia, podem contribuir para o surgimento de doenças periodontais. Também foi observado que pessoas estressadas, possuem maior probabilidade de adotar costumes que causam problemas gengivais e nos dentes, como fumar, não realizar o cuidado correto com a higiene da boca ou deixar de fazer acompanhamento odontológico.

Segundo pesquisadores, altos níveis de cortisol – hormônio produzido em maior quantidade pelo corpo em momentos de estresse – podem diminuir a imunidade do corpo, o tornando mais vulnerável a doenças periodontais.

Um estudo publicado em 2022 no Brazilian Journal of Pain, relata que a pandemia de COVID-19 afetou os quadros de transtornos psicológicos, como ansiedade e bruxismo na população brasileira. Cerca de 71,41% dos entrevistados relataram estar apertando ou rangendo os dentes e 100% disseram que estavam se sentindo mais estressados e nervosos durante o período de afastamento social.

De acordo com Paola Kerber, Gerente e Responsável Técnica da Yappy, o estresse crônico pode tornar as gengivas mais suscetíveis a doenças oportunistas, por afetar o sistema imunológico. “Ele provoca mudanças no comportamento e também altera o funcionamento do sistema nervoso, endócrino e imunológico, influenciando o resultado de uma terapia periodontal”, relata.

A Afta Oral também pode surgir por conta do estresse crônico. Sua manifestação é caracterizada por úlceras solitárias ou múltiplas, que surgem na boca, provocam dor e não são contagiosas. “O estresse está entre os fatores que causam as lesões, já que o aparecimento das feridas coincide com períodos de desequilíbrio emocional”, complementa a profissional.

Adoção de práticas diárias para manter uma boca saudável

Os hábitos diários de higiene são influenciados em decorrência do estresse. “Quando uma pessoa está estressada, ela pode acabar negligenciando sua rotina de escovação e uso de fio dental, agravando problemas bucais já existentes”, conta Paola Kerber.

Realizar a escovação dos dentes todos os dias, incorporar o uso do fio dental como medida preventiva contra cáries e problemas gengivais, e seguir uma dieta balanceada são hábitos essenciais que não devem ser deixados de lado na rotina diária. Em contrapartida, roer as unhas e fumar prejudicam a saúde bucal e dental, devendo ser evitados.

É importante reconhecer os efeitos do estresse crônico e adotar estratégias diárias de gerenciamento, como exercícios de relaxamento e práticas saudáveis. “Uma rotina regular de visitas ao dentista também não deve ser negligenciada. O acompanhamento personalizado, para monitorar e tratar problemas bucais, sejam eles decorrentes do estresse ou não, é essencial”, completa.

Odontologia de precisão como suporte para o cuidado com a saúde bucal

Manter um acompanhamento odontológico, de preferência com profissionais que tratam cada caso de maneira personalizada, é indispensável para o cuidado com a boca e os dentes.

O uso de tecnologias digitais é frequentemente utilizado na odontologia de precisão, incluindo a captura de imagens em 3D, scanner intraoral e até mesmo avatares que permitem uma análise minuciosa das condições bucais.

“Com a odontologia de precisão é possível realizar uma avaliação completa da saúde bucal, considerando não apenas fatores clínicos, mas também hábitos diários que podem contribuir com o surgimento de problemas dentários”, acrescenta Paola Kerber.

Vale lembrar ainda que o acompanhamento psicológico também desempenha um papel crucial como complemento para o cuidado com a saúde bucal. Um profissional habilitado pode ajudar a identificar e gerenciar fatores que ocasionalmente geram impactos na boca, resultando em cuidados dentários mais eficazes.

Agende sua Avaliação

Fundada em 2022, a Yappy é o principal centro de odontologia de precisão do país. Nosso foco é a inovação, e promovemos um atendimento odontológico baseado no tripé: qualidade assistencial, segurança clínica e experiência do paciente e familiar.

Por meio de uma perspectiva high tech – high touch, a tecnologia aliada à humanização oferece inúmeras soluções inovadoras e disruptivas, como check-up odontológico (em 60 minutos), entrega de tratamentos no modelo one stop shop numa estrutura física planejada como um Hospital Odontológico.

Contamos com uma equipe multidisciplinar, em que cada profissional é habilitado a navegar por diferentes áreas, além da atuação em conjunto, sempre levando em consideração a realidade dos pacientes com propostas terapêuticas que vão muito além da boca.

Marque sua avaliação com a gente e fique de boca aberta com todas as vantagens que a Yappy oferece.

Compartilhe esta publicação:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma nova experiência em Odontologia.

Você não sabia que ir ao dentista podia ser assim.

Últimos artigos

ORTODONTIA

Alinhadores invisíveis
é na Yappy

PRÓTESES

Confiança de dentes perfeitos novamente

IMPLANTES

Tecnologia para um
sorriso completo

ENDODONTIA

A última palavra em tratamento de canal